SEAT reforça estratégia para entrar na China


A SEAT continua a avançar no desenvolvimento da estratégia para iniciar as operações na China. Hoje, uma delegação do Governo chinês visitou a sede da SEAT em Martorell para se reunir com os parceiros da joint venture JAC Volkswagen (SEAT, Volkswagen Group China e JAC). A delegação chinesa – chefiada pelo governador da província de Anhui, Li Jinbin, e Ling Yun, presidente da Câmara de Hefei, a capital da província onde está sediada a JAC – foi acompanhada pelo CEO da Volkswagen Group (Herbert Diess), o presidente da SEAT (Luca de Meo), o CEO da Volkswagen Group na China (Stephan Wöllenstein) e o presidente da JAC (An Jin).

Os sócios da JAC Volkswagen e a própria joint venture, criada em 2017 para o desenvolvimento, produção e comercialização de veículos elétricos, assinaram um acordo que permite que a SEAT continua a sua introdução na China em dois ou três anos. Entre outros aspetos, o acordo especifica os termos da colaboração entre os parceiros e a estratégia conjunta para o futuro da joint venture. Além disso, a JAC Volkswagen fará parte do grupo Volkswagen a nível mundial e assumirá um papel ativo na sua rede de produção.

O novo centro de P&D é a pedra angular para atingir o objetivo de desenvolver soluções de mobilidade e integrará, entre outros aspetos, capacidades de desenvolvimento conjunto de pequenos veículos e componentes elétricos e de investigação sobre tecnologias para aplicações no setor automóvel. Atualmente em construção, o centro de P&D estará localizado em Hefei e tem inauguração prevista para 2021.

O presidente da SEAT, Luca de Meo, salientou que “a assinatura deste acordo é um novo passo no plano estratégico para a globalização da SEAT. Com a introdução na China, impulsionamos o futuro da empresa e, ao mesmo tempo, da mobilidade elétrica. A China é hoje o país de referência para veículos elétricos e queremos fazer parte deste ecossistema para o intercâmbio de conhecimento e avançar para uma mobilidade global mais sustentável”.